Follow by Email

sábado, 31 de março de 2012

R$200,00

odeio plano de saúde...em pleno sabadão, sol lá fora, lá fui eu pra minha consulta na endocrino...tem 6 meses que ela está na minha vida. todo mês faço exames, ela tá conseguindo dar jeito nos meus colesteróis e glicemias da vida....também tá me ajudando a emagrecer e tem uma paciência de jó com as minhas mazelas...depois de ficar quase uma hora entre exames, conversas, risadas e receitas, saio do consultório me despedindo com um abraço (sim eu beijo e abraço meus médicos....afinal eles sabem mais de mim que eu mesma...). 
- querida, marca pra mim o retorno em um mês, por favor? (esta sou eu, sendo bem legal com a recepcionista)...- sim, claro, só que a gente não vai mais atender pelo seu convênio (o convênio L. patrocinado,em parte, pela firma em que trabalho)...-ah, não? e pelo convênio C. (patrocinado por mim há 10 anos), - não, nem esse. - e quanto tá a consulta? -R$ 200,00. - DUZENTOS????? (essa sou eu novamente...aos berros na recepção cheia) ...perai, eu além de pagar dois planos ainda vou ter que desembolsar essa fortuna pra manter minha médica? nem fudendo! agora, assim, a gente tá fazendo um tratamento bacana, ela já sabe tudo de mim, de como funciona meu organismo, como não funciona, e ai vem o plano e ...puf ...vai embora. vou ter que começar tudo de novo, buscar médico novo, e é sempre a mesma história: ah é no plano? só pra agosto...ah é no plano? só pra daqui uns 4 meses...até lá já morri!!! acho uma falta de respeito. assim foi o ginecologista, dr. sérgio...me conheceu quando eu era virgem ainda. me receitou minha primeira pílula, acompanhou todos os episódios da minha juventude...confiava nele de olhos fechados (sem trocadilhos, por favor). e ai o plano simplesmente também puf...foi embora. ai agora tô eu na mão de qualquer um. quem aceitar plano, leva. é a prostituição da saúde alheia. isso sem falar nas merdas dos hospitais particulares, que também pago uma fortuna e sou mega mal atendida...horas de espera pra uma consulta em que o doutor nem olha pra sua cara...e nem vem falar que hospital público é uma beleza pq não é. é uma merda também. eles devem enfiar os meus impostos no cu da mãe deles pq não vejo melhoria nunca nesses hospitais públicos de brasília...todo dia um escândalo novo: é elevador que quebra, é falta de esparadrapo, é falta de médico e por ai vai...saudade quando era criança lááá no interior e o dr. antônio ia lá em casa quando eu estava dodói...ainda levava uma balinha de presente...ainda bem que o último ato da dra. adriana (a endocrinologista)  foi receitar um tarja preta pra me deixar "mais calma, menos irritada, menos compulsiva"....acho que ela tava prevendo a minha vontade iminente de matar um...

quinta-feira, 29 de março de 2012

boa noite

hoje não tô muito inspirada...tô cansada, foi um dia pesado....vou deixar apenas uma frase pra resumir a ópera.

quarta-feira, 28 de março de 2012

visu "tomate cereja"

outro dia vi uma mulher que era um tomate cereja. gorda, baixinha, de vestido vermelho coladinho, curto!  e com uma presilha verde no cabelo...pra fechar o "visu tomate", uma sandália preta, aberta e de saltinho...(pra desandar tudo, eram duas horas da tarde e o sol brilhava)...minha gente, quem sou eu pra falar de gordos? quem sou eu pra falar de moda? ...mas vamos combinar: existe diferença entre gorda e gostosa, né???!!! - querida, vestido vermelho coladinho fica bem se vc for a gisele ou a ana , e olha que nem nelas, hein?! por outro lado, fiquei com uma inveja danada da autoestima dela...tem que ter muita pra bancar um "visu tomate", né? tem que dizer bem alto: foda-se vc que não gosta do meu "visu tomate"...mas não sei...entre a autoestima alta e um pingo de bom gosto eu fico com o bom gosto...tô sendo muito careta???

BLOG DA DECA: intuição

BLOG DA DECA: intuição: eu aprendi a acreditar no meu sexto sentido...não sei se vcs acreditam mas tenho uma porra de uma intuição que me dá medo....e sempre, sempr...

intuição

eu aprendi a acreditar no meu sexto sentido...não sei se vcs acreditam mas tenho uma porra de uma intuição que me dá medo....e sempre, sempre, sempre que não sigo essa vozinha que me sussurra coisas na cabeça eu me dou mal...meus sonhos também são reveladores. já evitei um roubo do meu carro por causa de um. eu sonhei que estavam arrombando meu monza (no tempo do monza, pense quanto tempo tem isso)... eu nunca colocava trava (é, no tempo da trava) e o alarme estava com defeito...pois na hora de estacionar lembrei do sonho e coloquei a trava...vai que, né? e foi. quando voltei ao carro o vidro estava quebrado! outro sonho que tive foi que estava fazendo arroz. muito arroz, não parava de fazer, na panela, na pia, no tanque, no chuveiro....acordei pensando naquilo...no mesmo  dia li um artigo sobre os chineses acreditarem que arroz significa fartura...pois fui lá e joguei na mega sena. nunca jogo. e naquele único jogo ganhei um dinheirinho. sim eu acertei 5 números. mais um e eu seria milionária. nunca mais sonhei com arroz ...humpft....outra estranheza que me aconteceu foi sonhar que o nome do meu afilhado seria gabriel. ele apareceu com esse nome num sonho... sendo que meu irmão nem sabia o sexo do bebê e nunca havia me comentado que pensava nesse nome. um dia perguntei:se for homem já tem nome? e minha cunhada falou: gabriel. quase cai pra trás. ainda bem que já tinha contado pro valério (senhor meu marido) pra não parecer que eu estava inventando...aliás foi assim que ganhei o status de madrinha dele. ficou combinado que se fosse homem seria gabriel e seria meu. se fosse mulher, ela seria afilhada da irmã da juliana (minha cunhada)...enfim, essa minha voz interior tem me dito tanta coisa....não, não sei os números da mega nem da loteria, mas sei que vem alguma coisa por ai...batata..que seja pro bem. que venha.

um almoço qualquer...

problemas

me disseram que tá rolando uma dificuldade pra postar comentários por aqui...ainda tá com esse problema? me avisem....não sei o que pode ser mas posso correr atrás pra descobrir...

terça-feira, 27 de março de 2012

BOLINHO DE ARROZ DA DECA



Ingredientes:
2 xícaras de arroz cozido
½ xícara de queijo ralado
½ xícara de leite
2 colheres de cheiro verde picado
2 colheres de sopa de amido de milho (maizena)
4 colheres de sopa de farinha de trigo
1 colher de sopa de aveia (opcional) se não usar a aveia, põe mais uma colher de farinha de trigo
2 ovos inteiros
1 colher de sopa rasa de fermento em pó
Sal e pimenta do reino a gosto
Óleo pra fritar

Modo de fazer:
Mistura tudo e frita em óleo bem quente, de um lado e de outro.
Dicas importantes: não pode ficar uma massa aguada, molenga, tem que ficar encorpado. As colheres da receita não são muito cheias. A farinha tem que ser peneirada, o fermento sempre por último. Dá pra acrescentar alguma carne que tenha de sobra já na geladeira ou um bacon, ou calabresa, tudo bem picadinho. Não precisa de muito óleo pra fritar, dê preferência a uma boa frigideira de teflon , ai não precisa mesmo. Deixe escorrer beeeeem num papel absorvente.

SAPATO DOS SONHOS...

eu PRECISO de um desses...

livros the walking dead, os dois primeiros da trilogia

ei-los.

livros

tudo começou quando eu vi um filme sueco que se chamava "a garota com tatuagem de dragão"....para o brasil foi misteriosamente traduzido para "os homens que odiavam as mulheres"...descobri que os eua refilmaram o filme sueco e chamaram de "os homens que não amavam as mulheres"...e aquele primeiro filme foi paixão à primeira vista....não vi o filme americano e fui surpreendida pela trilogia dos livros de stieg larsson....a trilogia millenium! tô acabando e comendo praticamente as páginas dos livros...e agora eis que cai na minha mão o livro "the walking dead - a ascensão do governador". descubro que é outra trilogia, desta vez baseada nos quadrinhos que deram origem a série....sempre me disseram que os livros acham a  gente, não é a gente que acha eles...e tô cada vez mais inclinada a concordar...em tempo, dizem as notícias que a capa do segundo livro do walking dead já foi escolhida... 

enfermeira assassina filha da puta vai pagar indenização

acho pouco!!! mas já serve de exemplo, né? 

Enfermeira acusada de agredir yorkshire deve pagar indenização de R$ 20 mil - Cidades DF - Correio Braziliense

segunda-feira, 26 de março de 2012

o trânsito e eu

- mas escrever sobre o quê? - sobre o que vc quiser, me responde o giovani.....tá, mas e...e.....? humpft, tá bom. tema livre me leva quase sempre a reclamar do trânsito...passo o dia reclamando mentalmente....às vezes xingo em alto e bom som....minha mãe costuma dizer que tenho a boca "mais suja que de um caminhoneiro" quando estou dirigindo.... e é verdade. fico indignada!!!! esse nosso trânsito maldito de brasília onde a impressão que tenho é que as pessoas compram as carteiras de motorista...ou as autoescolas (ou auto-escolas? perdeu o hífen? ah que saco. nota mental: cuidar de discutir sobre as novas regras da língua)...enfim, os instrutores estão instruindo (?) muito mal. tudo bem que considero os piores trânsitos do mundo o do Balneário Cassino e a cidade de Rio Grande lá no meu saudoso Rio Grande do Sul (um dia explico pq) mas dai a achar que a capital do país tem um trânsito civilizado, estamos léguas de distância....fato é que não dá mais. as ruas não aguentam mais tanto carro....e eu não aguento mais tanto motorista sem noção....já é difícil com tanto carro e ônibus (e ônibus velho, fumacento, com motoristas recém saídos do quinto dos infernos)....as pessoas simplesmente se transformam dentro do carro, perdem a civilidade, a decência... entrar sem dar seta? normal. te fechar no eixinho? normal. frear o carro pra tia descer? no meio da pista? normal. parar em uma vaga ocupando duas? normal. estacionar em vaga pra deficiente físico (sendo que o motorista é deficiente mental, só pode...) normal. NORMAL? não é normal. as pessoas simplesmente acham que mais vale o "vou me dar bem" e não respeitam mais nada...e o pedestre que exige tanto respeito e não se dá um mínimo de respeito? atravessa onde quer, e ainda te culpam se vc não parar ou não desviar....me pergunto pra que servem as faixas de pedestres...bom, também me pergunto pra que servem anos de civilização se estamos cada vez mais nas cavernas...hoje mesmo fiquei chocada com a cena exibida à exaustão na internet e na record...uma motorista e um motociclista. por alguma razão eles brigaram e ela simplesmente jogou o carro em cima do cara, e saiu dirigindo com o cara preso no capô. foi em direção a outro carro na clara tentativa de imprensar o camarada...como assim? depois foi pra tv dizer que o cara xingou, ameaçou....não interessa...ela tentou sim matar o cara. e fica por isso mesmo??????? como assim???????????? e se o cara cai, ela passa por cima????  e a culpa ainda é dele? não entendo! não entendo...enfim, num dia que resolvo falar do trânsito o destino me dá de presente 25 minutos procurando vaga no setor de rádio e tv sul. pra trabalhar fiquei 25 minutos procurando vaga...e querem que eu tenha bom humor????? ah não dá, né? e ainda bem que temos o nosso campari de cada dia...daqui a pouco vou ali beber o meu. com duas pedras de gelo. sem limão. (e sem dirigir depois)

sexta-feira, 23 de março de 2012

layout

affffff não consigo me acertar no layout....letra preta é difícil de ler, letra branca é difícil de ler.....to testando...me avisem o que funciona ou não funciona...

para nossa alegria a suelen cantou...

putas, internet e prisão

brasília tem essa coisa de não ter esquina, não ter rua com nome de "general não sei das quantas", "avenida professor whatever", mas as quadras acabaram ganhando apelidos: rua das elétricas, rua das farmácias, rua dos restaurantes, rua das putas. e é justamente na chamada rua das putas que eu moro. e adoro meu cafofo neste ambiente. putas? não, rua das prostitutas. acredito que puta tem um significado muito mais amplo.

prostituição é profissão. não, não tô defendendo prostituição (não é esse o assunto, ainda), apenas concluindo que puta é uma coisa e prostituta é outra. tudo é uma questão de atitude.

vejamos. puta se diverte, puta gosta. e tem puta por ai que não cobra nada.

tem puta que é pirigueti e pirigueti que é puta. 

prostituta não, as prostitutas cobram, fazem o serviço e estão ali profissionalmente, sem espaço para distrações.

será que deu pra entender a diferença? enfim, pode virar debate, mas a intenção aqui é dizer que gosto muito de morar na rua das putas. sempre tem uma blitz, uma viaturazinha (deixa a quadra segura,né?) e as moças acabam descontraindo o ambiente e esfregam na cara dos hipócritas que o mundo não é só uma farsa colorida.

essa divagação toda sobre puta é só porque estou bem feliz com a prisão de dois camaradas que devem ser cornos, de pau pequeno, gays enrustidos e que sim, são gordos, feios, mal amados e loucos (sem ofender os loucos, desculpem). dois seres "umanos" que defendem a violência contra a mulher e consideram toda mulher puta. puta, quero dizer, prostituta , é a mãe deles. FILHOS DA PROSTITUTA! defendem morte pra homossexual, são racistas e ainda planejavam um massacre contra alunos da unb. fiquei bem feliz com a prisão deles e tomara que mofem na cadeia por longos 50 anos (pena máxima que podem pegar pelos crimes de racismo, incitação a discriminação e violência e divulgação de fotos pornográficas infantis). 

em um dos posts da internet, que infelizmente tive que ler por conta de uma reportagem que editei, os camaradas "ensinavam" a estuprar mulher, a estuprar "novinhas" e coisas tão nojentas que não vale a pena reproduzir. mensagem que espalhavam por essa nossa internet sem medo de nada. juravam que não iam ser presos. dançaram. e no dia em que a internet "perde" dois dos piores frequentadores virtuais, ganha-se o dia com música, para nossa alegria, a sueli cantou!

é assim a vida. agora já vou. escrevi demais. vou ali tomar meu campari com duas pedras de gelo. sem limão.

quarta-feira, 21 de março de 2012

o começo

a difícil arte de ter um blog...mas meio que atendendo "a pedidos" ei-lo...ainda não sei direito o fazer por aqui, mas em breve estarei "comandando a área"....sejam bem -vindos amigos. reproduzo um posto que coloquei no facebook dia desses...resume um pouco de mim:
acho ri-dí-cu-lo "seguir tendêêêência"
gosto mais de bicho do que de gente
não gosto de quem sabe tudo
não gosto de quem não sabe nada
eu acho o "ó" colocar foto do "casal feliz" no perfil do facebook
falo alto, muito e pouco (depende do dia, sou inconstante)
a-do-ro beber, ler e rir (não necessariamente nessa ordem)
sou irônica, sincera e meio grossa
não suporto mimimimi, nem shopping center
não suporto música sertaneja e pagode
não gosto de gente que se acha nem de gente sem noção
falo palavrão
fico emburrada
gosto de cozinha, gosto de garfo cheio
não tenho a menor paciência com quem se faz de bonzinho...
ah, e não suporto quem fala "releitura", "agregar valores" e "enquanto livro...enquanto filme, (enquanto a puta que te pariu, pode to be?)...."
perdoo facilmente e dou a vida por aqueles que eu amo.
uso crocks e melissa